Arte, leitura, prazer e saúde

Li, outro dia, um artigo sobre como a leitura, a arte e a comunicação oral são importantes para recuperação de pessoas doentes não só do corpo como da alma. Às vezes, não nos damos conta como uma ação tão simples pode ter uma repercussão enorme e causar um resultado fantástico em uma situação considerada “perdida”. É como se, de uma hora para outra, através da janela de nossa vida pudéssemos enxergar um imenso céu azul de possibilidades, desafios e conquistas.

Recomendo, para aqueles que gostam do tema, a leitura do artigo abaixo que está disponível na Biblioteca Central. Este artigo mostra como a arte pode ser utilizada como um recurso para ajudar ao ser humano restabelecer-se não só física como emocionalmente.

SPONCHIATO, Diogo; DESGUALDO, Paula. O Remédio está nas tintas … nos livros, nas canções, nos filmes. Revista Continuum Itaú Cultural, v. 25, p. 22-25, jan. 2010.

Ficou interessado? Gostaria de ler mais sobre o assunto? Seguem algumas sugestões:

A arte algumas vezes cura, em outras alivia, mas sempre consola. Disponível em: http://www.caras.com.br/edicoes/729/textos/a-arte-algumas-vezes-cura-em-outras-alivia-mas-sempre-consola/. Artigo do médico e músico Paulo Campelo que aponta a humanização da medicina como aliada no tratamento de diversos problemas de saúde.

A ARTETERAPIA como recurso da medicina. Disponível em: http://www.conexaociencia.jex.com.br/noticias/a+arterapia+como+recurso+da+medicina. Apresenta vários projetos - por exemplo “Sensibilizart”, que visam melhorar a relação do profissional de saúde e os pacientes através da arte.

Se você conhece alguma matéria ou artigo bacana sobre o tema, comente aqui para que outros também possam se beneficiar.

Um grande abraço e até a próxima. 

Você pode seguir todas as respostas para esta entrada através do feed RSS 2.0. Você pode deixar uma resposta, ou um trackback do seu próprio site.

Deixe um comentário