Bases de dados: você sabe usar?

imagem-base-de-dados1

O que são Bases de dados? Para que servem? Como faço para acessar?

Perguntas simples que nos remetem a uma realidade nem tão simples assim, se observarmos a subutilização dessa ferramenta, em plena era tecnológica e na vida acadêmica de universidades que oferecem produtos e serviços cada vez mais amplos e qualificados.

Bases de dados são repositórios de informações estruturados e armazenados, por meio eletrônico, que nos remetem a informações: periódicos, livros, artigos, teses entre outros materiais que, gerenciados por um sistema, nos permite encontrar dentre inúmeras possibilidades, aquelas que mais se aproximam como resposta à pergunta que fizemos.

O sistema de Bibliotecas oferece acesso às Bases, dentro e fora do campus da PUC, através do acesso remoto. O acesso remoto é permitido somente aos professores, alunos, funcionários e ex-alunos cadastrados na Associação dos Antigos Alunos da PUC-Rio (AAA), através de uma configuração no navegador da máquina do usuário.

Através das Bases de dados o usuário tem ao seu alcance a produção científica mundial atualizada. Porém, diante de tantas alternativas e informações, que surgem de forma cada vez mais acelerada, as formas de acesso podem se tornar um pouco ambíguas.

E, neste contexto, a Biblioteca oferece treinamentos desde os primeiros períodos, para turmas ou individualmente para ajudar a mudar o conceito de que o “mundo das bases de dados é complicado”. Não é!!

A Biblioteca também disponibiliza acesso a um “serviço de descoberta”: uma ferramenta que ajuda você a descobrir novas informações sobre o seu tema de pesquisa.  Com a “Pesquisa Integrada” você pode realizar uma pesquisa simultânea no catálogo da biblioteca, em várias bases de dados, assinadas pela PUC-Rio, e do Portal CAPES, Projeto Maxwell; bases e fontes de acesso aberto, selecionadas pela biblioteca entre outros.

Fique atento ao site e às redes sociais da Biblioteca para participar dos treinamentos.

Dúvidas? Informações? Fale Conosco

Você pode seguir todas as respostas para esta entrada através do feed RSS 2.0. Você pode deixar uma resposta, ou um trackback do seu próprio site.

Deixe um comentário