PLÁGIO, essa idéia é minha!

Apropriar-se da criação de outros tem sido recorrente em diversos campos como o das artes por exemplo, e com o avanço das tecnologias ficou fácil o acesso a documentos e criações. No meio acadêmico, isso tem aumentado bastante com a utilização de textos e idéias sem dar o devido crédito ao autor.

CONCEITO DE PLÁGIO

“Plágio não é somente a cópia fiel e não autorizada da obra de outra pessoa −seja ela artística, literária ou científica. É também, e mais comumente, a cópia “da essência criadora sob veste ou forma diferente” (pg. 65 JOA), isto é, a apropriação indevida da produção de outrem mascarada por um modo distinto de escrever ou pela versão para outro idioma, entre várias possibilidades.”

A Universidade tem um papel importante na formação de profissionais éticos capacitados para o mercado de trabalho. Em consonância com essas questões, a PUC-Rio lançou a campanha sobre plágio. Com material produzido pelo Projeto Comunicar, a Campanha dá enfoque à autenticidade da produção científica da Universidade para manter a originalidade nos trabalhos acadêmicos, e ressalta a importância de que, ao citar idéias alheias, faz-se necessário que a referência seja informada.

20170629_163151

A Biblioteca Central, em apoio à campanha, disponibilizou seu espaço para ajudar na divulgação.

Aqui você encontrará:

  • Placas com frases sobre o plágio - nas estantes dos Salões de Leitura Individual do 1º e 2º pisos
  • Cartazes - no hall da Biblioteca, após a roleta
  • Vídeo - no hall da Biblioteca, ao lado do balcão de empréstimo

sem-titulo

Não deixe de apoiar essa campanha, faça uma visita à biblioteca!

Local: Edifício Frings, 3º andar.

Sites Consultados:

Informe da Vice-Reitoria Acadêmica: plágio e direito do autor no universo acadêmico.

campanha visa conscientizar alunos sobre plágio - entrevista

Você pode seguir todas as respostas para esta entrada através do feed RSS 2.0. Você pode deixar uma resposta, ou um trackback do seu próprio site.

Deixe um comentário